Hoje iremos falar de uma coisa que a maioria nunca deve ter prestado atenção, mas que deve ser compreendido para facilitar uma conversa com outros ocultistas no geral.

Bom, para começar temos que entender que são apenas palavras, seus significados são dados pelo uso que fazemos dela, logo todo significado que daremos vem do uso que fazemos normalmente, mas que pode variar de acordo com quem você fala.

Religião

Conjunto de crenças, regras e dogmas que são cultuados por um povo. Mas qual o diferencial? Basicamente a religião tem três coisas que a diferencia de seitas:

  • A primeira é que ela deve transcender seu criador, ou seja, o criador dela deve estar morto e seus seguidores continuarem a seguir suas crenças.
  • A segunda é que deve ter uma parcela significativa de seguidores em comparação com a população geral da região.
  • A Terceira é que ela não deve ser auto-destrutiva, ou seja, não deve propor suicídios em massa nem assassinados coletivos, ações essas que acabariam por definhar seu grupo.

Vemos que, desta forma temos poucos grupos que se enquadram nesta grupo: Cristianismo, judaísmo, budismo, candomblé, voo-doo, etc…

Outra coisa que podemos perceber é que toda religião que se enquadra nesta categoria no seu inicio já foi uma seita.

Seita

É um grupo de pessoas que possuem as mesmas crenças e seguem as mesmas regras, normalmente contra a maior parte da sociedade. A definição real de seita e muito pessoal e acaba ficando muito complicado de definir, porem podemos dizer que qualquer grupo religioso que não se enquadre na categoria de religião pode ser caracterizado como uma seita. Isso inclui grupos pequenos, auto-destrutivos, e ser incapaz de sobreviver apos a morte de seu criador.

Porem também é chamado de seita algumas subdivisões das religiões principais que decidem interpretar de forma diferente os ensinamentos da religião vigente.

No geral o termo seita é associado a grupos que tem atitudes bizarras como suicídio em massa, porem nem todos são assim.

Alguns dizem que as atuais igrejas protestantes são classificadas como seitas. Eu diria que sim. Apesar de muitas transcenderem seus fundadores, elas utilizam como sua base a reinterpretação do livro sagrado do cristianismo católico, a Bíblia.

Entre muitas seitas famosas temos: Testemunhas de Jeová, igrejas evangélicas, espiritismo, Umbanda.

Não vamos falar das seitas malucas e auto-destrutivas porque vocês conseguem encontrar muito disso na internet.

Mas espera um minuto, o cristianismo usou o livro sagrado judaico, o Tora, como base (Velho testamento), sim, porem já se passou tanto tempo que o cristianismo se formou que este fato se esvai nas linhas do tempo. Porem se um rabino me disse-se que considera os cristãos uma seita judaica eu aceitaria, afinal, foi assim que eles começaram.

Estamos vendo que é muito complicado diferenciar, e muito uma questão de perspectiva, vamos seguir adiante.

Culto

O culto é o mais simples e livre de interpretações erradas. O culto é a ação de cultuar alguma divindade ou pessoa. Logo todas as religiões e seitas que fazem orações, agradecem, pedem coisas a estas entidades, estão cultuando-as.

Ordem

A ordem por sua vez possui dois sentidos:

  • A ordem que faz parte de uma religião específica,
  • As ordens independentes.

As ordens que pertencem a religiões são apenas subdivisões da mesma, onde os pertencentes a esta ordem se especializam em algum serviço a prestar para a religião especifica. Um exemplo disso na igreja católica temos os Jesuítas, Franciscanos, Crúzios, etc… Na religião católica existem ate subdivisões de tipos de ordens, como os próprios franciscanos onde um fiel leigo poderia ingressar e os jesuítas onde apenas um clérigo pode participar. Havia até ordens militares como os hospitalarios e os templários.

Já uma ordem independente e totalmente diferente. Uma ordem independente pode ser o nome dado a qualquer grupo que trabalhe junto em pró do interesse do coletivo do grupo, sem ter religião diretamente envolvida. Temos ordens conhecidas como: A ordem DeMolay ou a maçonaria que, a principio, trata-se de um grupo de associados se ajudando.

Então se a Maçonaria não tem envolvimento religioso por que tanto barulho em volta dela? Simples, mesmo a maçonaria se tratando de um grupo, em tese, não religioso, ela tende a atrair os melhores em sua área para dentro dela. Os melhores engenheiros, médicos, militares e conseqüentemente, os melhores ocultistas. Com auxilio de muitos ocultistas a ordem acaba por ganhar vários rituais montados por eles para auxiliar a ordem, o que da este aspecto de religião ou seita.

É possível montar uma ordem? Claro! Sabe aquele grupo de estudos ocultista que você montou com seus amigos, ele pode ser uma ordem, se vocês assim decidirem. Institua regras, ordem, liderança, um sistema básico de gestão e pronto, temos uma nova ordem. Se ela vai durar eu não sei, criar é muito mais fácil que manter.

Gostaria de lembrar que todos estes significados são a nomenclatura que eu uso e que a maioria dos ocultistas com quem já conversei usa, se você tem um conceito diferente, ou tem amigos com conceitos diferentes, não esta errado, são apenas palavras.

Um grande abraço.