De acordo com o filme “a invocação do mal” uma possessão demoníaca é dividida em 3 estágios, Infestação, Opressão e Possessão. Obviamente essa teoria não foi formada por algum diretor de Hollywood, e pode ser encontrada em vários livros sobre o assunto, mas e então? É verdade isso?

Sim e não, nem toda possessão demoníaca passa por esses 3 estágios e nem sempre são só três, porém acho bem válido a galera começar a se observar baseando-se nessa “tríade”, e por isso vim explicar pra quem não entendeu como identificar e como funciona cada um desses estágios. E claro começarei com…

Infestação

Esse seria o estágio mais sutil apesar de o mais impressionante, a infestação é basicamente quando a entidade em questão começa a marcar seu território ao redor da vítima, e perceba que não cito “em sua casa”, cito “ao redor”, pois a infestação pode ocorrer em vários locais diferentes, como no trabalho, na casa da namorada ou de parentes, por onde quer que você vá a tal entidade estará mostrando sinais de existência e de certo controle de ambiente.

Marcar território?

Ao contrário da opressão, no período de infestação a entidade não chega a ter contato direto com a vítima, apenas comportamentos indiretos podem ser percebidos, e não imaginem que todos são manifestações físicas, em muitos casos interferências psicológicas e psíquicas podem surgir.

Interferências físicas.

A mais simples e rara, objetos caírem, portas se abrindo ou se fechando, sons aleatórios sem explicação, mofo excessivo, calor ou frio excessivo, ou seja, o típico comportamento Poltergeist dos filmes, porem sem muita intensidade, e totalmente aleatórios e na maioria dos casos com longos intervalos.

Interferências psicológicas.

Mais chatas e mais comuns também, tristeza demais, felicidade demais, solidão, sentimento de vazio, tudo ao extremo claramente desequilibrando a vítima.

Interferências psíquicas.

Muito comuns também, pesadelos, sonambulismo, arrepios, vultos e projeções involuntárias.

Esses são só alguns exemplos, na verdade a lista seria gigantesca mas também seria inútil porque englobaria tantos aspectos que todo mundo ia achar que ta sendo atacado né.

A utilidade

Como citado anteriormente esse estágio serve principalmente para desequilibrar os 3 pilares principais da vida da vítima, o mental, o psicológico e o social, você perceberá sempre a tentativa de isolar a vítima de amigos e entes queridos para que o próximo estágio possa começar com mais eficácia. Logo não estranhe ao perceber que você não vê ou conversa com praticamente ninguém , é praticamente uma caça pelo controle psicológico da vítima e quanto mais isolada ela estiver  melhor.

Quanto todos os itens necessários são atinigidos você terá uma pessoa simplesmente perdida em sua vida, sem muito sentido normalmente levando todos os seus dias mecanicamente, no melhor dos casos ela continuará a trabalhar e executar suas tarefas básicas diárias, mas somente isso.

E por que de tudo isso?

Simples, é muito mais fácil você negociar a alma de alguém quando esse indivíduo acredita que ela não serve mais pra nada. A vida dele é uma merda, ele não faz nada de especial e seu passatempo é só ver o dia passar, isso torna sua vontade frágil e é quando a segunda fase começa.

A opressão

COMPARTILHAR
ARTIGO ANTERIORMeditação e a mente lotada.
PRÓXIMO ARTIGOVodu, Mon Amour! (Pt.1)
Gigim Hannow

Administrador, criador e benfeitor do portal atos negros.